varejo

6 tendências do varejo para vender mais em 2018

12 abril, 2018


O varejo de moda é um dos setores que mais se renova e, portanto, exige que os empreendedores estejam sempre atualizados com o mercado. Se você procura manter sua empresa competitiva neste setor, é importante acompanhar as tendências do varejo e de comportamento do consumidor.

Nós descobrimos várias novidades e resolvemos compartilhar com você. Confira algumas dicas de tendências no varejo de moda para 2018 e comece a planejar já!

Varejo Híbrido ou Collabs

A primeira tendência que vamos destacar é o varejo híbrido ou collabs, como também são chamados. A ideia é oferecer em um mesmo local ou ambiente produtos de segmentos diferentes, mas que atendam ao mesmo público-alvo.

Por exemplo, uma loja que vende moda íntima pode se unir no mesmo espaço com uma marca que vende pijamas, permitindo que a colaboração entre as empresas contribua para que ambas faturem, sem a necessidade de se especializarem em itens que não dominam.

varejo

Varejo Multicanal

O consumidor mudou, online e offline agora se fundem no que chamamos de omnichannel, ou multicanal. O omniconsumidor é um consumidor seletivo e que usa a tecnologia para tomar a decisão de compra.

Por isso, a sua marca deve estar nos ambientes off-line e online transmitindo a mesma comunicação, atendendo o consumidor que utiliza ambos os canais.

Vamos imaginar que um cliente entrou na sua loja física e provou uma peça, mas prefere realizar a compra na loja online. Já não é mais possível separar o mundo físico do digital, e os canais não podem ser vistos como concorrentes.

Pagamento Mobile

O pagamento via mobile já evoluiu e conta com bons apps como o do eBay, Amazon, PayPal e outros. Agora, a tendência é melhorar e expandir o serviço com chaves de segurança e proteção de informações.

Programas como Apple Pay e CurrentC já permitem comprar qualquer coisa usando o smartphone. Inclusive, tem especialistas que apostam que talvez eles substituam os cartões de crédito em cinco anos.

varejo

Relacionamento

Independente do ambiente onde o consumidor resolver entrar em contato com a sua loja, você precisa de um bom relacionamento para fechar uma compra.

Cada vez mais as grandes marcas treinam os seus vendedores não para vender simplesmente, mas sim para atender, explicar e tirar dúvidas, atuando como facilitadores.

Esse novo formato pede que o lojista repense a maneira de remunerar seus vendedores, pagando melhor não a quem vende mais e sim a quem conquista novos clientes para a loja, ou vende mais para o mesmo cliente, ou ainda àquele que recebe mais elogios.

Sustentabilidade

Recentes pesquisas apontam: os consumidores preferem opções ecológicas e socialmente sustentáveis. Encontrar novas fontes de valor ou eliminar qualquer desperdício de recursos agrega conceitos positivos ao seu varejo.

Pense: sua loja quer apenas vender mais ou também deseja criar um relacionamento mais forte e perene com o cliente?

Promover cursos, palestras e apresentações artísticas no ponto de venda são outras opções criativas para interagir positivamente com os consumidores.

Cliente é rei

Uma alternativa que muitos empreendedores têm adotado para melhorar o relacionamento com o cliente e aumentar as vendas é o atendimento premium.

Estender o tapete vermelho para os clientes deixou de ser iniciativa só do mercado de luxo. Hoje, qualquer loja de varejo precisa oferecer tratamento diferenciado para criar embaixadores da sua marca.

Crie uma boa relação com os clientes e veja suas atitudes positivas se refletindo na vida real e nas redes sociais, aumentando a interação com a sua marca e gerando comentários positivos.

Quer mais dicas? Falamos sobre o futuro do mercado de moda íntima para te ajudar a delinear estratégias para esse ano. Clique e descubra!


Deixe um comentário