tendências-de-moda

Você sabe como surgem as tendências de moda? Nós contamos para você!

5 agosto, 2019


5 min (tempo estimado de leitura)

Tendência pra cá, tendência pra lá… Se você trabalha no universo fashion, é bem provável que esteja bem acostumado com essa palavrinha aí. Mas você sabe como nascem as tendências de moda? Continue lendo que nós iremos contar para você!

O berço das tendências de moda

As tendências são usadas para identificar os desejos e vontades das pessoas em todos os contextos sociais, desde os que envolvem consumo ou os que tratam apenas de comportamento. Elas são uma forma de compartilharmos nossos ideais, nossos valores e nosso estilo, ou seja, são formas de interagirmos socialmente. Antes de irmos mais a fundo, que tal conhecer os principais tipos de tendências e como elas surgem na moda?

Os tipos de tendências

Não existe apenas um tipo de tendência – elas estão divididas de várias formas e abrangências. Existem tendências locais, regionais ou mundiais. Na moda, é comum utilizarmos dois termos para classificarmos as probabilidades de consumo.

As macrotendências

O primeiro termo chamamos de tendências de fundo ou macrotendências. Elas exercem influência sobre a sociedade por grandes períodos de tempo, chegando até mesmo a uma década, em alguns casos. Essa longa duração é fundamentada em uma influência global, de grande alcance. Dentro das macros, se encaixam a tendência dos clássicos, que demoram a sair de moda e são repaginados a cada nova temporada de moda, como o jeans.

tendências-de-moda-2

As microtendências

Quando a novela O Clone foi exibida, milhares de brasileiras se encantaram pelo anel-pulseira que a personagem Jade (Giovana Antonelli) exibia. O item foi vendido aos montes, e quem apostou no comércio da bijuteria lucrou bastante até o final da novela, quando a modinha caiu em desuso. A referência é antiga, mas funciona bem quando se trata de explicar as microtendências. Ao contrário das macros, elas são tendências passageiras, de ciclo curto, e são consideradas uma febre momentânea. Nas micros, se encaixam os modismos, que vendem muito em bem pouco tempo, o que é bastante lucrativo.

tendências-de-moda-3Para que esse ciclo de influência comece, é necessário um pontapé inicial. A responsabilidade de iniciar o jogo é dos inovadores, que são as primeiras pessoas a aderirem ao novo movimento ou produto. Quem entra na partida em seguida são os formadores de opinião ou os líderes de moda, como personalidades ou influenciadores. Depois, a bola é jogada para a grande massa, e logo após a popularização, começa a sair de campo. É quando a tendência morre ou hiberna, voltando à vida tempos depois. Lembra das cores neon que foram febre na década passada e voltaram à ativa no último verão? É um bom exemplo. A Zanotti, inclusive, lançou uma linha de produtos exclusivas com essa cartela, para complementar coleções atuais.

tendências-de-moda-4

Mas quem lança as tendências?

Depende. Grande parte das tendências de moda são lançadas pelas grandes labels, que são copiadas por marcas menores. Elas surpreendem por identificarem antes de todo mundo o que as pessoas desejam, mesmo que de forma conceitual. Daí em diante, o conceito é desmembrado em vários produtos, na teoria conhecida como gotejamento (do inglês trickle down), que coloca a alta costura no topo dessa pirâmide de influência.

tendências-de-moda-5

Existe outra teoria, chamada de ebulição (bubble-up), onde o inverso é verdadeiro: as tendências surgem nas ruas, a partir das combinações e atitudes dos próprios consumidores, que tornam o streetstyle referência para os criadores de produtos.

tendências-de-moda-6

Por fim, na gotejar (trickle-across), as tendências se espalham de forma horizontal, e a moda nasce de diversos segmentos, de diferentes classes sociais. Junto com a teoria da ebulição, os dois conceitos são os mais influentes na moda contemporânea.

Independente da classificação ou de onde surgem, as tendências seguem um fluxo bem específico e fácil de identificar: lançamento, consenso, aceitação, consumo, cópia, massificação e desgaste.

Por que consultar as pesquisas de tendências?

Depois de entender o ciclo das tendências, fica mais fácil compreender a importância de estudá-las para desenvolver coleções de sucesso. Consultar as pesquisas de tendências é muito importante para que você saiba com antecedência o que seus consumidores irão desejar num futuro próximo e saiba com precisão o que deve ser produzido.

A Zanotti sabe disso e por isso desenvolveu uma revista de tendências com referências e previsões para orientar as criações das suas coleções de moda íntima, moda praia e fitness para o Inverno 2020 e Verão 2021. E o melhor: o Trendbook 2020/21 é totalmente gratuito!

Não perca tempo e faça o download agora mesmo.

zanotti-2019-trendbook-20e21-blog-bannerLeia também:

+ Saiba como é feita a pesquisa de tendências

+ Tendências de lingerie para 2019/20: saiba o que vai estar em alta

+ Confira as apostas da Zanotti que se tornaram tendência no Verão 2019

 


Deixe um comentário